terça-feira, 23 de novembro de 2010

De volta ao caminho

Por mais desvios que faça, acabo sempre de volta ao meu caminho.
Cá estou eu de novo, cá me encontro outra vez!
Intacta? Sim, estou. Como sempre.
Se há coisa que não me voltam a roubar, é o coração.
Podem levar muita coisa. Podem querer-me tirar o sorriso, podem querer magoar-me, mas já aprendi, aprendi à custa de muita mágoa a esconder esse meu órgão propulsor.
Hoje, só eu sei onde ele se encontra, e acreditem, é num sitio bem escondido.
Tão escondido, que apenas Ele será capaz de o encontrar.
Até lá, resta-me a mim descobrir o Ele.

SR

4 comentários:

Aleex disse...

wow que lindo !

Adriana Margarida Ramos disse...

adoreeei. <3
desculpa a ausência, mas a escola anda-me a tirar a vida

DF ॐ disse...

Quando Ele tiver que vir virá e até lá a única coisa que podes fazer é tentar não te entregar muito para não sofreres. No entanto, aproveita sempre a vida porque a vida são dois dias e um já passou.

Aleex disse...

sim , um dia passa !

beijinhos :)