quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

My insanity

(Tenho estado ausente, mas as palavras parecem não querer chegar-me aos dedos. Desculpem.)

Prefiro a minha loucura do momento, o meu estado caótico de estar no mundo, a minha maneira desvairada de ser, ao teu mundo traçado por caminhos, à tua alma fechada em paredes e à tua mente presa em correntes.
Pelo menos eu sou livre de ter o que quero, enquanto que tu, tu estás confinado a quereres o que tens.

Good luck my dear enemy
SR

2 comentários:

disse...

Há pessoas que parecem contentar-se com aquilo que têm não procurando novos objectivos, é triste, mas é mais real do que nós pensamos!
Beijinhos*

Joana Patricia Fonseca Silva disse...

Gostei muito querida :d
Vou seguir :D