sábado, 27 de novembro de 2010

#13 LETTER TO SOMEONE YOU WISH COULD FORGIVE YOU

É esquisito estarmos assim, não é? Não nos falarmos, quero eu dizer.
Se já não há sentimentos, nem mágoa, porquê este silêncio?
Em tempos pensei que fosses o meu melhor amigo, coisa que percebi estar errada.
Eras a pessoa de quem gostava, mas não foste o meu melhor amigo.
Apesar disso não te consigo odiar. Penso que lá no fundo tentas ser uma boa pessoa e só por isso é que gostaria que tivéssemos preservado a amizade, como muitas vezes me chegaste a dizer que o farias.
Mas lá está, nunca confiei em ti, nunca acreditei muito nessas palavras, e mais uma vez tive razão. Quebraste a promessa, e penso que isso é o que ainda ficou por falar.
Quando o fizer, será também para te pedir desculpa de qualquer coisa que te tenha magoado, porque no que toca à minha pessoa, já está tudo perdoado.
Hoje olho para ti e não te conheço.
És simplesmente um rapaz.
Ainda assim, preservo memórias de momentos bem passados e gargalhadas bem dadas à tua custa.
Sabes o que é melhor disto tudo? Saber que és feliz e saber que eu sou feliz.
Apesar de toda a mágoa, foste e serás o meu primeiro amor. Por isso guardo na memória o que o coração já não acolhe. Guardo-te nas minhas recordações como bonitas lembranças, porque a partir de agora já esqueci todas as lágrimas e apenas recordo o que de bom me trouxeste.

PS: Prometi que não te escreveria mais, mas isso foi no tempo em que escrever para ti me doía na alma. Hoje apenas me liberta e me deixa mais sossegada.
És como um ouvinte surdo, sempre com um sorriso na cara.

Por tudo agradeço-te, por alguma coisa peço perdão.
SR

7 comentários:

N. # disse...

Ficam as recordações e os sorrisos *

Sara Martins disse...

mais uma linda carta meu amor <3

Isabel disse...

Ficam sempre as memórias minha querida ^.^

Sara Martins disse...

oh tão fofinha *.* obrigada ! <3

Isabel disse...

Nem mais minha querida ^^

Sara Martins disse...

és uma princesa linda <3

joey disse...

ai, muito obrigada :D